PALESTRANTE – J. GOMES

Conheça um pouco mais sobre o nosso convidado!

É já no próximo dia 07 de Setembro que vai ter lugar na nossa casa mais uma palestra com o convidado J. Gomes, do Porto. "A vida continua: casos e números curiosos" é o tema da palestra. Saiba um pouco mais sobre o nosso palestrante!

 

Ass. Esp. Luz e Paz - Qual é a sua profissão?
J. Gomes - A minha área de formação é a produção de conteúdos para imprensa. Trabalhei no "Jornal de Notícias" na última década do século passado, fui também jornalista "freelancer" em várias publicações nessa época, mas nas últimas duas décadas trabalho como técnico de imprensa na área da educação.

AELP - O que acha que é importante nós sabermos sobre si?
J. Gomes - Não sou pessoa que mereça grande atenção, mas confesso que desde os 16 anos (tenho 57 anos) que me interesso muito pelo estudo da doutrina espírita. Esta filosofia é uma fonte inesgotável de conteúdos capazes de me desafiar, apesar das grandes limitações que me caracterizam, a fazer alguma coisa para me tornar uma pessoa melhor para mim e para os outros.

AELP - Pode contar-nos de forma resumida a sua trajetória no espiritismo?
J. Gomes – Colaborei na coordenação do I Encontro Nacional de Jovens Espíritas (chamado na altura minicongresso de jovens espíritas, em Águas Santas, Maia, 27 e 28 de Julho de 1985); há cerca de 20 anos fui secretário e vice-presidente da direção da Federação Espírita Portuguesa (FEP) durante três mandatos; há vários anos sou facilitador do curso básico de espiritismo no Centro Espírita Caridade por Amor (Porto); tenho 4 livros publicados pela FEP - «Além do Véu», «Do pós-vida à mediunidade e da reencarnação ao bullying», «Vozes do outro lado da vida - reuniões mediúnicas de esclarecimento» e «Casos (in)comuns e números curiosos»; por vezes colaboro como expositor que aborda temas diversos à luz da doutrina espírita; fui fundador e colaborador da Associação de Divulgadores de Espiritismo de Portugal (ADEP); fui coordenador e redator de conteúdos do «Jornal de Espiritismo» desde o seu surgimento (Nov-Dezembro de 2003) até 2015 (ADEP); tenho colaborado há meia dúzia de anos com a Associação Cultura Espírita Fernando de Lacerda (Gondomar) na área da mediunidade e também, em casos pontuais, com a Associação Médico-Espírita do Norte.

AELP - Para si, qual é a principal lição que o espiritismo nos ensina?
J. Gomes – Apela a que vamos descobrindo e ampliando, com alguma coerência no quotidiano, o amor incondicional de que falava Jesus de Nazaré. Esse conceito experimental, intransferível, conjugado com as coordenadas das vidas sucessivas e da imortalidade da alma, abre caminhos que desafiam quem deseja valorizar a vida, e abre-os de uma maneira irresistível no seu melhor sentido.
É tarefa para estar sob muita atenção aqui no plano material e depois continuar, no plano espiritual, quando decorrer esse regresso.

 

 

 

Palestra dia 07 de Setembro, (sexta-feira) de 2018. Entrada livre. Esperamos por si, como sempre às 21h30.

 

Partilhar!